Xícara de porcelana

O escritor e pensador Simon Sinek em seu livro LÍDERES SE SERVEM POR ÚLTIMO conta a seguinte história:


“Certo dia um ex-subsecretário de Defesa dos Estados Unidos discursou diante de plateia num evento. Ele ocupou seu lugar no palco e começou a falar o que tinha preparado para o público. Fez uma pausa para um gole de café. Deu mais um gole, olhou para a xícara de isopor que levara ao palco e sorriu. “Sabem de uma coisa”, disse, interrompendo seu próprio discurso, “apresentei-me aqui no ano passado, nesta mesma conferência, no mesmo palco, porém, eu ainda era subsecretário. Voei de classe executiva e havia alguém esperando por mim no aeroporto para me levar ao hotel. Ao chegar no hotel já haviam me registrado, deram-me a chave e me acompanharam até minha suíte. Na manhã seguinte, ao descer, havia novamente alguém me esperando no saguão para me trazer a este local em que estamos agora. Fui conduzido por uma porta reservada à sala de espera e recebi café em uma bela xícara de porcelana. Mas neste ano não sou mais o subsecretário, voei de classe econômica, não havia ninguém à minha espera no aeroporto. Tomei um táxi até o hotel e, quando cheguei lá, registrei-me e subi sozinho até o quarto. Nesta manhã, fui até o saguão e tomei outro táxi para vir até aqui. Entrei pela porta da frente e fui até os bastidores. Chegando lá, perguntei a um dos técnicos se havia café. Ele apontou para a máquina sobre a mesa encostada na parede. Fui até ela e despejei um pouco de café neste copo de isopor”, disse, erguendo o copo para mostrar à plateia. “Agora, ocorreu-me que a xícara de porcelana que me deram no ano passado... nunca foi entregue a mim. Foi entregue ao cargo que eu ocupava. Eu mereço um copo de isopor. E esta é a lição mais importante que posso dar a vocês”, disse. “Todos os benefícios, vantagens e mimos que possam receber em função do cargo que ocupam não são para vocês. São para o papel que representam. E quando deixarem esse papel, o que acontecerá mais cedo ou mais tarde, eles darão a xícara de porcelana à pessoa que substituir vocês. Porque vocês só mereciam o copo de isopor.”


Caminhando para dentro de nossas organizações, como nossos líderes estão atuando? Você que está em nível de liderança, cuida da sua equipe ou apenas está preocupado em manter o seu status (e que pode durar menos tempo do que você imagina)?


Faça com que suas ações no dia a dia, inspirem seus liderados. Construa uma relação de confiança com toda a equipe. Criar confiança não exige nada além de se falar a verdade. Não tenha medo ou vergonha de transparecer a sua vulnerabilidade. Tudo isto cria vínculos entre líder e liderados. Se o líder ficar somente de olho nos resultados de curto prazo, ele não consegue inspirar de fato seus liderados.


Existe uma frase do Sinek onde ele diz: “Grandes líderes estão dispostos a sacrificar números para salvar pessoas. Líderes pobres sacrificam pessoas para economizar números”. Forte, né? Tem coragem?


Qual o legado que você quer deixar? Legado não é a recordação dos tempos em que você estava lá. Isso é nostalgia. Legado é algo muito mais forte e duradouro.


Legado tem a ver com as marcas que você quer deixar. Imagine que você um dia passe sua função a outra pessoa que irá substituí-lo e então num passe de mágica se torne invisível e fique por ali escutando o que as pessoas que trabalharam com você contarão ao novo “chefe” sobre como é a área, a contribuição que ela dá para a organização e os resultados, como é o ambiente e como as pessoas tratam umas às outras e, principalmente, o que não é admissível que se faça, pois vai contra os valores ali cultivados. Então, o que você gostaria de ouvir?


Legado remete, portanto, às bases que permitirão que outros, que virão depois de você, continuem aperfeiçoando a organização em seu nome.


Seja um líder inspirador. Desde já!


Escrito por Márcio Pegoraro – Consultor da DorseyRocha Consultoria.

Formado em Marketing com MBA em Gestão da Tecnologia da Informação pela Hogeschool Ultrecht e pelo IBMEC. Atua no desenvolvimento de pessoas e organizações.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo