Que venha 2021!

Entramos no último quarto de 2020. Ano difícil para muitos, desafiador para todos nós.

A humanidade voltou a enfrentar uma grande pandemia depois de um século e embora a medicina tenha evoluído enormemente nesse tempo, não conseguiu ainda “tirar da cartola” uma solução.


Porém as consequências da situação nos levaram a tomar decisões e agirmos de forma diferente, aprendendo um monte de coisas novas, inclusive a usar melhor as soluções que já estavam disponíveis, mas eram pouco usadas ou mesmo rejeitadas.


Nos negócios muitas empresas enfrentaram grandes problemas, mas também muitas se saíram muito bem. Neste momento, enquanto as primeiras tentam recuperar um pouco os resultados do ano, as segundas buscam criar formas de aumentar suas capacidades e responder aos aumentos de demanda.


Tudo considerado, mais uma vez constatamos a máxima: Crise = desafios + oportunidades. Assim, enquanto alguns comemoram o ganhamos, os demais precisam escapar do derrotismo do perdemos e descobrir o que aprenderam. Ah sim, os que ganharam também devem analisar porque ganharam.


2021 vem aí e não é apenas um novo ano, mas o começo de uma nova década. Precisamos nos preparar para isso, para agirmos, sermos proativos e protagonistas da história que depois gostaríamos de contar.


Agora é hora (mas ainda estamos só em outubro??? Sim, mas duas respiradas e será dezembro) de respondermos perguntas tais como:


  1. Que resultados fizemos / ou ainda faremos em 2020?

  2. Quais as causas desses resultados bons / ou ruins?

  3. O que fizemos bem? O que não fizemos tão bem? O que deixamos de fazer?

  4. Qual cenário de negócio imaginamos enfrentar em 2021?

  5. Onde queremos estar em dezembro de 2021?

  6. Quais são as ações prioritárias para chegar lá?

  7. Quem de nós vai se incumbir de cada uma dessas ações?

  8. Quão preparados estamos para fazê-las?


Não, isso não é um plano estratégico completo, mas perguntas que, uma vez respondidas pelo conjunto de lideranças da sua organização, podem forjar um time forte e comprometido em iniciar uma década com a “faca nos dentes” e a consciência de que o que acontecerá no ambiente externo não pode ser controlado por nós, mas o que e como faremos para enfrentar os acontecimentos, pode. E isso pode ser a diferença para dias muito melhores em 2021.


Que venha 2021, mas que nos encontre com uma expectativa positiva sobre a nossa capacidade de atuar como protagonistas e sermos bem sucedidos seja nos negócios, nas relações e na vida!


Feliz década nova! E se desejar, estamos disponíveis para conversar sobre como engajar o time para a estratégia de 2021.


Escrito por Ely Bisso – Sócio e Diretor da DorseyRocha Consultoria.  Engenheiro eletricista pela Faculdade de Engenharia Elétrica da UNICAMP, bacharel em Ciências Administrativas pela PUC-Campinas, com pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UNICAMP e MBA em RH pela FGV.

11 visualizações

SOBRE NÓS

Consultoria empresarial com mais de 45 anos de experiência em desenvolvimento humano e organizacional, liderança, coaching e educação corporativa.

CONTATO

ACOMPANHE-NOS

Rua Domingos Rodrigues, nº 341, cj. 99

São Paulo/SP

CEP: 05075-000

​MÍDIAS SOCIAIS

Você também pode acompanhar a DorseyRocha nas redes sociais abaixo. Siga e fique por dentro de todas as novidades.

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Design sem nome (67)
  • Branca ícone do YouTube
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por DorseyRocha Consultoria