Assuma Accountability

A palavra Accountability, em tradução livre, seria algo como “prestação de contas”, “responsabilização”. Trazendo para o mundo das organizações, podemos definir accountability como uma expressão que remete à ideia de transparência nos atos, nas metas, nos objetivos, nas entregas de resultados, na definição de responsabilidades e, claro, na prestação de contas.


Accountability é fazer o que você disse que faria, no prazo com o qual você concordou. E ser capaz de prestar contas disso. É um contrato, um compromisso, uma promessa. É menos sobre recompensas e mais sobre relacionamentos construídos sobre propósito e confiança.


Não é baseada em circunstâncias, mas na atitude de atingir os objetivos apesar das circunstâncias. O termo é bastante amplo e deve fazer parte da rotina no ambiente de trabalho, priorizando a tomada de decisões éticas que reduzem o risco de “as coisas” darem errado. Afinal, se uma empresa começar a pensar em quem deve assumir a responsabilidade somente quando algo der errado, já temos aí um problema.


Podemos dizer que a Accountability é sustentada em 04 pilares:

  • Reconhecer o problema

  • Assumir a responsabilidade pelo problema e pelos resultados

  • Formular soluções para a situação

  • Aplicar as soluções desenvolvidas


E quando temos esta cultura implantada em nossa organização podemos refletir sobre alguns pontos:


  1. Quais dos meus colegas são afetados pelo meu trabalho?

  2. Ajudo ou atrapalho para que eles atinjam seus objetivos?

  3. São claros para mim os objetivos das lideranças?

  4. O que eu posso fazer para ter a certeza de que estou contribuindo positivamente para os resultados da minha área?

  5. Quem são meus clientes, externos ou internos, e que necessidades eles têm com as quais eu posso contribuir?

  6. Estou contribuindo para o desenvolvimento dos meus liderados? Como posso ter a certeza disso?

  7. Tenho certeza de que estou trabalhando para o resultado coletivo? Meus liderados entendem como contribuir individualmente para este resultado?

  8. Os meus liderados têm a consciência e responsabilidade sobre o seu trabalho e seu impacto no grupo de trabalho e para a organização?


E aqui destaco os ganhos desta cultura para a organização:

  • Maior transparência e abertura;

  • Aprimoramento do ambiente de confiança;

  • Comunicação mais eficaz, melhorando o trabalho em equipe;

  • Maior clareza e um foco mais preciso nos resultados;

  • Aumento do pensamento crítico na tomada de decisões;

  • Redução dos possíveis danos mais rapidamente.


A revista Forbes, em um artigo, apontou os 15 traços de um profissional ideal, e colocou em primeiro lugar Action-oriented, ou seja, orientado para a ação, a capacidade de execução. Mas para isso, é preciso querer fazer. O profissional precisa desenvolver a capacidade para fazer.


Quando você quer fazer, tem a capacidade de fazer, encontra-se num ponto único, onde começa a gerar valor não apenas para você, mas para todos que interagem com você.


Profissional accountable cumpre suas promessas e compromissos assumidos; leva em consideração as consequências de suas ações; assume responsabilidade por suas falhas; e corrige as falhas.

Percebeu que Accountability vai além de fazer aquilo que você disse que faria? Quer conversar mais sobre este assunto? Entre em contato com a gente!


Escrito por Márcio Pegoraro – Consultor da DorseyRocha Consultoria. Formado em Marketing com MBA em Gestão da Tecnologia da Informação pela Hogeschool Ultrecht e pelo IBMEC. Atua no desenvolvimento de pessoas e organizações.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo