Como incentivar os empregados a se tornarem protagonistas na empresa

Atualizado: Jul 4



A gestão de pessoas é amplamente reconhecida como fundamental para o sucesso de uma organização. Quando os colaboradores estão alinhados aos objetivos estratégicos da companhia, os resultados são extraordinários. Mas, de forma prática, como a empresa pode incentivar empregados a assumirem seu papel como protagonistas? 


Se você também reconhece a importância do protagonismo no ambiente corporativo, mas não sabe como incentivar seus colaboradores a adotarem essa postura, este post foi escrito para ajudá-lo!


Vamos tratar desse assunto e mostrar não só a importância e os benefícios de incentivar seus empregados a se tornarem protagonistas, mas também algumas dicas infalíveis para conseguir esse resultado. Preparado para começar? 


O protagonismo no ambiente corporativo


Assim como nas artes, no mundo corporativo há basicamente dois tipos de colaboradores: os protagonistas e os coadjuvantes. 


O coadjuvante é o empregado mediano, que realiza apenas suas próprias tarefas da maneira mais básica possível. Ele não toma iniciativa e nem assume responsabilidades maiores. Ele pode até executar bem as atividades, mas tem atuação limitada. 


O protagonista, por outro lado, tem uma postura completamente diferente: ele chama a responsabilidade para si. É comprometido e determinado, busca o aprimoramento constante, tem iniciativa e não teme tomar decisões para impedir situações desfavoráveis. 


O protagonista tem alvos bem claros para sua vida profissional: quer apresentar resultados extraordinários e ser reconhecido por sua capacidade e performance de alto nível. 


Como você pode imaginar ao ler essa descrição, a maior parte dos colaboradores não se enquadra nessa categoria. Muitos deles se contentam com o papel de coadjuvante, o que limita a produtividade e lucratividade das organizações.


Talvez você pense que não há nada que a companhia possa fazer, já que, provavelmente, esses protagonistas nasceram com essa característica. A novidade é que a sua empresa pode, sim, estimular esse tipo de comportamento e terá vantagens com isso. Vamos conhecê-las?


Resultados do estímulo ao protagonismo dos empregados


Economia com iniciativas de capacitação

O protagonista entende que é seu papel estar preparado para as oportunidades. Por isso, ele investe seu próprio tempo e recursos no autodesenvolvimento.


Ao assumir a responsabilidade por sua própria formação e desenvolvimento de competências, ele gera economia para a empresa. Ela precisará empregar um volume menor de recursos nesse tipo de iniciativa, pois recebe um profissional capacitado.


Redução de custos de gestão

Quando o cargo é ocupado por um colaborador capacitado, a empresa tem uma redução significativa de custos. Ela tem a certeza de que aquela função ou setor terão o nível de produtividade esperado e necessário para o bom andamento dos processos. 


Além disso, ela não precisará arcar com despesas excessivas para a qualificação de empregados ou sua substituição (demissão, novo processo seletivo, adaptação e capacitação). 


Aumento de satisfação no clima organizacional

Quando os protagonistas são valorizados e incentivados pela empresa, isso produz um efeito extremamente benéfico ao clima organizacional.


Os empregados sentem que a empresa acredita em seu potencial e reconhece suas qualidades. Isso gera a motivação necessária para superar adversidades e melhorar a performance da equipe. 


Os protagonistas atuam como promotores da organização. Sua satisfação contagia os outros empregados, criando um ciclo virtuoso de contentamento, motivação e sucesso. 


Ganho em eficiência e agilidade

Com o incentivo ao protagonismo, a empresa dá condições para que esses empregados tenham o poder de decidir e tomar atitudes corretas sem hesitação. Assim eles diminuem o tempo de resposta diante de problemas ou demandas de consumidores. 


No primeiro caso, eles detectam e corrigem problemas precocemente, evitando grandes prejuízos. Quanto ao atendimento aos clientes, eles respondem com agilidade e garantem a satisfação do público. 


Como incentivar empregado ao protagonismo

Depois de entender a importância do protagonismo, é fundamental saber como sua organização pode incentivá-lo na prática. 


O primeiro ponto é que a gestão deve ser voltada para o desenvolvimento de pessoas. É preciso lembrar que os recursos humanos são o principal ativo de uma companhia, e é a qualidade deles que garante a obtenção dos resultados. 


Para favorecer esse desenvolvimento, a empresa precisa: 


Investir em capacitação

É certo que o colaborador protagonista assumirá responsabilidade sobre sua própria formação. Porém, quando a empresa o incentiva e complementa essas iniciativas, os resultados são rápidos e relevantes. 


Investir na capacitação dos seus empregados é uma forma não apenas de desenvolver o protagonismo, mas uma maneira de reter esses talentos e demonstrar o reconhecimento da importância dessa característica. 


Por isso, lembre-se de que iniciativas como a oferta de coaching e educação corporativa — cursos, palestras, seminários e treinamentos constantes — não são uma despesa, e sim um investimento que torna a empresa apta a enfrentar a concorrência. 


Estabeleça metas

Poucas iniciativas são tão estimulantes para um protagonista quanto a apresentação de desafios. Por isso, a gestão deve estabelecer metas e alvos, bem como recompensas para quem alcançá-los. 


As metas devem ser alcançáveis, porém desafiadoras. Comece com alvos menores e, a cada novo ciclo, estabeleça uma estratégia para fazer seu time ir um pouco além e superar as conquistas anteriores.


Para completar, promova eventos para celebrar essas conquistas e dê destaque à obtenção de resultados. Faça com que eles provem o gosto da vitória e queiram experimentar essa sensação continuamente. 


Proporcione feedback

Como o foco é o desenvolvimento de pessoas, cada projeto ou ciclo de desafios deve ser uma oportunidade de instruir esses talentos e promover o aperfeiçoamento de habilidades. Portanto, o feedback precisa acontecer a cada passo. Ele deve contemplar não só os resultados obtidos, mas o comportamento do indivíduo ao longo do processo.


É fundamental acompanhar o trabalho dos colaboradores e avaliar as decisões e atitudes tomadas em cada etapa, bem como a repercussão de cada uma delas no desempenho e resultado.


Os gestores precisam se envolver com esse processo e apontar tanto os aspectos positivos quanto as falhas. Dessa forma, o colaborador tem a oportunidade de buscar alternativas para preencher essas lacunas de formação e competências, preparando-se para obter um desempenho melhor.


Quando a empresa incentiva o protagonismo, tanto ela quanto seus empregados saem beneficiados desse processo. Eles se tornam aptos a progredir na carreira, enquanto a organização forma um conjunto de líderes capazes de levá-la a um novo patamar de performance e sucesso.


Entendeu como incentivar empregados a se tornarem protagonistas? Quer conhecer outras estratégias para ​obter vantagem competitiva? Então, entre em contato conosco agora mesmo e descubra como alavancar o sucesso da sua empresa.



SOBRE NÓS

Consultoria empresarial com mais de 45 anos de experiência em desenvolvimento humano e organizacional, liderança, coaching e educação corporativa.

CONTATO

ACOMPANHE-NOS

Rua Domingos Rodrigues, nº 341, cj. 99

São Paulo/SP

CEP: 05075-000

​MÍDIAS SOCIAIS

Você também pode acompanhar a DorseyRocha nas redes sociais abaixo. Siga e fique por dentro de todas as novidades.

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Design sem nome (67)
  • Branca ícone do YouTube
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por DorseyRocha Consultoria