Você sabe fazer feedback?

Feedback de comportamento é um retorno que o colaborador recebe, seja de seu superior, colega, subordinado ou mesmo de um cliente. Este retorno pode ser sobre algo que a pessoa fez que teve impacto positivo (feedback de reforço) ou sobre aspectos que precisam ser desenvolvidos ou melhorados (feedback de desenvolvimento).


Eis aqui, algumas dicas. Um feedback efetivo, dever ser:

  1. Descritivo, não avaliativo. Tem que descrever o comportamento e sua consequência.

  2. Específico e não geral.

  3. Não pode ser um desabafo.

  4. Dirigido a comportamentos. O que a pessoa pode mudar.

  5. Oferecido e não imposto.

  6. Oportuno. Não dá para esperar muito tempo após o fato acontecido. Tampouco pode ser dado imediatamente frente a um erro, quando não há clima para feedback.

  7. Preciso. A comunicação, no momento do feedback, tem que ser compreendida.

  8. Baseado em fatos e dados.

  9. Sobre os impactos que aquele comportamento ocasionou.

  10. Específico (ex. quando você fez isso hoje) ao invés de geral (ex. você sempre faz isso). Focalize uma só situação.

Como elaborar e dar o feedback


Uma maneira mais neutra ao falar, evitando uma abordagem de culpa é facilitadora da aceitação do feedback por quem o recebe. Use a construção da frase: Quando você + verbo de ação "eu me senti ... ou as pessoas se sentiram... ou ainda o resultado foi... então reagi/reagiram fazendo..."

Por exemplo: Quando você me disse aquilo, eu fiquei irritado (em vez de você “me irritou”) e resolvi ir embora.

Como receber feedback


É mais fácil dar feedback a quem solicita feedback. Então:

  1. Solicite feedback.

  2. Peça explicação, caso não tenha entendido.

  3. Solicite exemplos, caso não tenha ficado claro.

  4. Não se justifique.

  5. Não prometa mudanças.

  6. Agradeça!

Depois do feedback, se fez sentido para você, algumas perguntas que poderá fazer a quem ofereceu:

  • O que você me sugere fazer?

  • O que faria em meu lugar?

  • Como eu posso lidar com isso?

Vale destacar que é normal durante uma sessão de feedback, passarmos por 04 fases:




Somente conseguimos tirar proveito do feedback ao chegarmos à quarta fase, por isso é importante nos darmos tempo para assimilar. Tenha em mente que o mais importante em dar e receber feedback é o respeito mútuo e ter foco no aprendizado / desenvolvimento.


Você costuma oferecer ou solicitar feedback? Esta cultura faz parte do dia a dia da sua empresa? Marque aqui seu amigo, colega ou conhecido que precisa saber e entender um pouco mais sobre feedback.


Escrito por Márcio Pegoraro – Consultor da DorseyRocha Consultoria. Formado em Marketing com MBA em Gestão da Tecnologia da Informação pela Hogeschool Ultrecht e pelo IBMEC. Atua no desenvolvimento de pessoas e organizações.

7 visualizações

SOBRE NÓS

Consultoria empresarial com mais de 45 anos de experiência em desenvolvimento humano e organizacional, liderança, coaching e educação corporativa.

CONTATO

ACOMPANHE-NOS

Rua Domingos Rodrigues, nº 341, cj. 99

São Paulo/SP

CEP: 05075-000

​MÍDIAS SOCIAIS

Você também pode acompanhar a DorseyRocha nas redes sociais abaixo. Siga e fique por dentro de todas as novidades.

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Design sem nome (67)
  • Branca ícone do YouTube
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por DorseyRocha Consultoria